DRAGON BALL XENOVERSE 2 É ANUNCIADO OFICIALMENTE E CHEGA ESTE ANO, CONFIRA O TRAILER

dragon_ball_xenoverse_2_start_up_screen__fan_made__by_digiradiance-d9g0hbfAtenção fãs de Dragon Ball que curtiram desbravar o universo criado por Akira Toriyama em Dragon Ball Xenoverse: a Bandai Namco acaba de confirmar uma sequência para o game, que já tem trailer e chega ainda em 2016!

Os detalhes ainda são escassos, mas o release de imprensa afirma que o novo game está sendo projetado “para aproveitar ao máximo o poder dos PCs e consoles atuais”, “com gráficos aprimorados que irão imergir o jogador no maior e mais detalhado mundo de Dragon Ball jamais criado”.

O texto afirma ainda que teremos “uma nova cidade hub, e o mais completo sistema de customização de personagens já criado para um game de Dragon Ball“, tudo isso acompanhado de “novos recursos e upgrades especiais inéditos”.

Sem mais, confira abaixo o trailer:

Ainda de acordo com o release da Bandai Namco, o game terá maiores detalhes apresentados durante a E3 deste no (que rola no mês que vem), e o lançamento deve rolar no último trimestre.

Se você curte a série e curtiu o game anterior, comece a estocar seu chi (e sua grana): Dragon Ball Xenoverse 2 terá versões para PC, Playstation 4 e Xbox One.

FONTE: ARKADE

Anúncios

HOLOLENS, O ÓCULOS VR DA MICROSOFT GANHA PREÇO, ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E JOGO DO CONKER

Desde que foi anunciado, o HoloLens da Microsoft se destacou por suas possibilidades interessantes de interação entre jogo e jogador. Agora temos novos detalhes desta belezinha, que terá um jogo do Conker e um preço absurdamente salgado!

Para não chocarmos ninguém falando direto do preço, vamos por partes e falar do joguinho em realidade virtual do bom e velho (e invocado) castor Conker.

Utilizando o interessante sistema de mapeamento tridimensional de ambientes, o HoloLens é capaz de projetar plataformas, obstáculos e itens em qualquer lugar: no chão, nas paredes ou em cima de móveis, a mobília do seu ambiente é o “cenário” desta nova aventura de Conker.

Confira um trailer da novidade abaixo:

Bom, mas antes de se empolgar muito com o periférico, fique sabendo que a Microsoft revelou também as especificações técnicas e o processo do brinquedinho: o devkit — produto destinado a desenvolvedores de aplicativos e games para o HoloLens — será lançado no dia 30 de março, custando “apenas” 3 mil dólares.

As especificações deste devkit são as seguintes: processador Intel de 32 bits, 2 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento flash, com conectividade Wi-Fi e Bluetooth (para mouses, teclados e periféricos). Ele irá rodar o “sistema operacional” próprio do HoloLens e não precisará ser conectado a um PC, nem nada do tipo.

Fora isso, temos uma unidade de processamento holográfico da Microsoft e uma unidade de medição inercial (para captar e compensar movimentos). Temos ainda um sensor de luz ambiente, quatro câmeras para compreensão dos arredores e mais uma que funciona como sensor de profundidade. Por fim, uma câmera de 2MP permite a gravação de fotos e vídeos, e quatro microfones para captação de áudio.

E aí, o que achou das novidades? 3 mil dólares é um preço justo para você poder curtir a realidade virtual da Microsoft?

LOJA NA SUÍÇA DÁ DATA PARA BATTLEFIELD 5, E TAMBÉM DIZ QUE SERÁ UM JOGO SOBRE A PRIMEIRA GUERRA

bf5

Os boatos de um jogo sobre a Primeira Guerra Mundial mudaram de endereço: uma loja na Suíça diz que Battlefield 5 será ambientado no conflito de 1914, com data de lançamento e tudo.

No ano passado, Call of Duty recebeu alguns boatos, que diziam que a série iria deixar o futuro de lado um pouco e voltar para as batalhas que realmente aconteceram no século passado. Mas o fim da história todo mundo já sabe: a Actvision anunciou Black Ops III, e o jogo foi mais fundo ainda nos combates futuristas.

Mas agora os boatos mudam de casa e visitam o rival, com a loja World of Games, que diz que Battlefield 5 seria “um jogo de tiros tático multiplayer que aconteceria durante a Primeira Guerra Mundial”. E não contente em dar esta informação, a loja ainda oferece a data de lançamento: 25 de outubro.

cci6o2yw0aa3nfq

Nem a Electronic Arts, muito menos a DICE se pronunciaram a respeito, não confirmando, nem desmentindo, muito menos anunciando algo a respeito. O que nos faz ter que esperar pelos próximos capítulos, que informarão se os rumores são verdadeiros ou não.

FONTE: ARKADE

PREPARE SEU CORAÇÃO PARA O NOVO TRAILER DE UNCHARTED 4: A THIEF’S END

uncharted4Faltando pouco mais de 2 meses para o lançamento de Uncharted 4: A Thief’s End, a Naughty Dog soltou mais um trailer incrível do game. Bora conferir?

O novo vídeo é bastante focado na relação de Drake com seu irmão, Sam. O relacionamento dos dois sem dúvida será o estopim das novas aventuras do game, que aparentemente irá levar Drake e seus amigos para lugares tão belos quanto perigosos.

Confira o vídeo abaixo:

Unchared 4: A Thief’s End promete encerrar a carreira do aventureiro Nathan Drake em grande estilo. O game chega no dia 26 de abril, exclusivamente para Playstation 4, e chegará ao Brasil 100% em português.

De volta ao Brasil? Nintendo abre vaga para tradutor de produtos em português

122441-209271-nintendoFaz mais de um ano que a Nintendo deixou de lançar seus produtos oficialmente no Brasil. Agora, uma vaga de emprego aberta recentemente sugere que a companhia de Mario e Zelda está analisando um possível retorno ao país – ou quase isso.

A vaga em questão é para especialista de produto bilíngue que fale português do Brasil e que traduza textos de jogos, diálogos, manuais e roteiros de dublagem do inglês para o nosso idioma e vice-versa. O profissional será responsável pelas seguintes funções: fornecer suporte para serviços após o lançamento; identificar conteúdo que se adeque melhor ao gosto dos consumidores latino-americanos e reportar quais as principais dificuldades enfrentadas por esse público; demonstrar produtos da empresa; e traduzir simultaneamente reuniões, ligações e conferências relacionadas ao desenvolvimento e localização.

Além dessas tarefas, uma competência exigida chama atenção. Trata-se de “auxiliar o planejamento e direção de sessões de gravação de voz”, segundo a descrição da vaga no site da Nintendo of America, filial dos Estados Unidos. Isso é um indicativo de que a Big N pode estar se preparando para lançar os primeiros jogos dublados no país, uma vez que o funcionário ficará encarregado de participar de sessões de dublagem. O profissional também será responsável em cuidar para que os games sejam aprovados pela classificação indicativa local.

Outra possibilidade é que a vaga seja exclusivamente para a tradução do jogo Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games, que, como o nome diz, vai colocar os personagens Mario e Sonic em competições esportivas no Rio de Janeiro, cidade que irá sediar os Jogos Olímpicos neste ano.

Fora do Brasil

A saída da Nintendo do mercado brasileiro de jogos eletrônicos foi anunciada em janeiro de 2015. A empresa subsidiária da Juegos de Video Latinoamérica, Gaming do Brasil, vinha distribuindo os produtos da companhia japonesa no país desde 2011.

De acordo com Bill van Zyll, diretor e gerente geral da Nintendo da América Latina, a companhia enfrentava alguns desafios para se manter ativa no país, mas o principal deles eram as altas tarifas de importação. “O Brasil é um mercado importante para a Nintendo e lar de muitos fãs apaixonados, mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável”, disse o executivo na época do comunicado.

Posteriormente, a Nintendo reforçou seu compromisso com o mercado brasileiro ao afirmar que sua saída do Brasil era temporária, mas que não havia nenhum plano de estratégia sobre como aconteceria o retorno da empresa. “Considerando os empecilhos atuais que nos impedem de manter uma situação sustentável, não temos nenhuma prévia de quando voltaremos. O Brasil possui um mercado único, complexo e com alta carga tributária”, destacou Zyll.

Fato é que a empresa parecia não dar tanta importância aos jogadores brasileiros. Primeiro pelo fato de nunca ter traduzido seus jogos para o português, apenas a capa dos games e as funções básicas de seus consoles, como o Wii U e o 3DS. E segundo porque não fabricava seus aparelhos localmente – algo já adotado pela Sony e a Microsoft -, o que acabava por elevar os custos finais dos dispositivos. Cerca de um ano depois de encerrar suas operações por aqui, pouca coisa mudou.

FONTE: CANALTECH

Rockstar confirma que Grand Theft Auto 6 está a caminho

0fef2f3ca56c49328f09ef6b626d336c_small

Os jogadores de PC ainda mal receberam a versão de Grand Theft Auto V, que teve seu lançamento adiado para abril, mas os boatos a respeito da próxima edição da franquia de sucesso da Rockstar Games já circulam por aí.  De acordo com informações do TweakTown, o presidente da Rockstar North, Leslie Benzies, disse que a produtora está cheia de ideias para o game, mas que ainda não sabem exatamente como GTA 6 será. Ele explica ainda que tudo surge com uma ideia e a primeira pergunta a ser feita é: onde o jogo será ambientado? A partir daí começam a definir as missões, afinal, “você faz coisas diferentes em Los Angeles, Nova Iorque e Miami”.  Esse tipo de declaração faz a nossa imaginação voar longe, pensando no que GTA 6 pode nos trazer. Imagine, por exemplo, se a Rockstar decide trabalhar com o PC como plataforma principal do game e opta por trabalhar com o Oculus Rift?

FONTE: CANALTECH

36 milhões de donos de PS4 estão prontos para o PlayStation VR”, afirma Sony.

playstation-vrFaltam poucos meses até que os principais dispositivos de realidade virtual cheguem ao mercado consumidor. O Oculus Rift, do Facebook, tem lançamento previsto para março, enquanto o HTC Vive, da Valve, para abril. A Sony ainda não se manifestou sobre quando colocará à venda o PlayStation VR, mas a companhia espera que seu acessório alcance todos os donos de PlayStation 4.

Esta é a declaração de Richard Marks, chefe de desenvolvimento do headset, durante uma conferência no Vision Summit, em Los Angeles (Estados Unidos). De acordo com o executivo, a fabricante japonesa tem se posicionado como uma das melhores alternativas para atrair mais desenvolvedores e consequentemente atingir um público maior que está disposto a investir no mercado de realidade virtual.

“Cada pessoa que adquiriu um PS4 está pronta para o PlayStation VR”, disse Marks, se referindo às 36 milhões de unidades vendidas do videogame, o que, para ele, já é uma boa justificativa para que os profissionais considerem trabalhar com o dispositivo.

Além disso, os números seriam muito superiores às expectativas dos analistas em relação ao concorrente Oculus Rift, que deve vender “apenas” um milhão de unidades em seu primeiro ano. Marks também afirmou que, ao contrário do PlayStation VR, que já está pronto para funcionar com o console mais atual da Sony, tanto o Rift quanto o Vive não são compatíveis com todas as placas de vídeo. Cerca de cinco milhões de pessoas – sete vezes menos que os jogadores de PS4 – atenderiam a este requisito sem a necessidade de comprar um novo equipamento para suportar a tecnologia.

Mesmo assim, o chefe por trás dos óculos de realidade virtual da Sony não deu nenhum parecer sobre quanto o aparelho custará. Até o momento, o único dispositivo com preço confirmado é o Oculus Rift, que será vendido por US$ 599, separadamente, ou por até US$ 2.549 em bundles que incluem o acessório junto com um PC compatível.

Dificilmente o PlayStation VR custará tanto assim – previsões indicam que o aparelho terá o preço de um console. No entanto, esta pode ser uma boa oportunidade para a Sony tirar vantagem da situação, assim como fez no anúncio do preço do PS4 – na época, US$ 100 mais barato que o Xbox One. Um vazamento recente na Amazon do Canadá apontava que o dispositivo pode custar US$ 800, o que colocaria em cheque a estratégia da Sony em alcançar uma boa parcela de donos do PlayStation 4.

O mercado de realidade virtual deve movimentar o equivalente a US$ 5,1 bilhões em 2016 com a venda de aparelhos da categoria, segundo dados da SuperData. Em primeiro lugar aparece a Europa, que deve gerar US$ 1,9 bilhão do montante total, seguida pela América do Norte (US$ 1,5 bilhão) e Ásia (US$ 1,1 bilhão). O restante do mundo deve responder por US$ 600 milhões. No ano que vem essa quantia deve subir para US$ 8,9 bilhões e em 2018 para US$ 12,3 bilhões. Cerca de 39 milhões de pessoas se tornarão adeptas da tecnologia neste ano.

FONTE: CANALTECH

SEU PC ESTÁ PRONTO PARA AS GUERRAS TRIBAIS DE FAR CRY PRIMAL? DESCUBRA AQUI!

Far Cry Primal chega em pouco mais de um mês, e se você pretende curtir o game no PC, chegou a hora de descobrir se a sua máquina está apta para rodar as batalhas tribais do game!

Ubisoft revelou os aspectos mínimos e recomendados para quem vai curtir o game nos PCs. Confira abaixo:

REQUISITOS MÍNIMOS

  • Sistema Operacional: Windows 7, Windows 8.1, Windows 10 (todos 64-bit)
  • Processador: Intel Core i3-550 | AMD Phenom II X4 955 or equivalent
  • Memória RAM: 4GB
  • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 460 (1GB VRAM) | AMD Radeon HD 5770 (1GB VRAM) ou equivalente
  • Espaço no HD: 20 GB

REQUISITOS RECOMENDADOS

  • Sistema Operacional: Windows 7, Windows 8.1, Windows 10 (todos 64-bit)
  • Processador: Intel Core i7-2600K | AMD FX-8350 or equivalent
  • Memória RAM: 8GB
  • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 780 | AMD Radeon R9 280X ou equivalente
  • Espaço no HD: 20 GB

E aí, seu PC vai continuar rodar o game sem engasgos?

Em outra notícia relacionada, a Ubisoft avisou que, ao contrário de Far Cry 4, este novo game não terá nenhum fator multiplayer ou cooperativo, e será uma experiência totalmente single player.

Para compensar a ausência da jogatina com os amigos, a empresa está se esforçando para tornar o mundo autêntico e cheio de possibilidades: será possível “encantar” animais para fazê-los lutar ao seu lado, e dominar um idioma rudimentar que está sendo recriado com base no que era usado pelas tribos reais.

Agora falta pouco: Far Cry Primal chega ao PS4 e ao XOne em 23 de fevereiro. Os PCs recebem o game na semana seguinte, em 1º de março.

FONTE: ARKADE

Multiplayer online do PlayStation 4 estará de graça neste fim de semana

maxresdefaultUma das mudanças que mais gerou controvérsias com a chegada do PlayStation 4 foi a necessidade de uma assinatura do PlayStation Plus para poder ter acesso ao modo multiplayer de qualquer jogo. Para entrar em partidas online, apenas pagando aquela mensalidade que nem todo mundo está afim de desembolsar.

No entanto, pelo menos neste fim de semana, você vai poder desafiar os amigos sem precisar de nenhuma assinatura. A Sony anunciou que, entre os dias 11 e 14 de dezembro, o acesso ao multiplayer online do PS4 será feito gratuitamente para todos os usuários. Assim, se você não é usuário da Plus ou simplesmente deixou para renovar sua assinatura em um momento em que a economia estiver um pouco menos complicada, aproveite os dias grátis para tirar o atraso daquele game que você não conseguiu conferir por completo.

A empresa não revelou o motivo exato para a liberação. No entanto, é bem possível que seja muito mais do que o espírito natalino batendo à porta da companhia. Afinal, o primeiro DLC de Star Wars: Battlefront acaba de ser lançado e, faltando pouco mais de uma semana para a estreia de O Despertar da Força, é bem provável que a estratégia seja abraçar o hype e permitir que mais pessoas possam conferir o novo modo Batalha de Jakku, lançado na última terça-feira (8), que faz a ponte entre os filmes da trilogia original com o próximo longa.

Ainda assim, essa é uma oportunidade que não deve ser ignorada. Segundo a Sony, o período gratuito vai das 6h da manhã do dia 11 de dezembro até as 6h de segunda-feira, 14 de dezembro. A ideia é que, com isso, aqueles que ainda não assinaram a Plus possam ver o quão vantajoso é pagar uma mensalidade (ou mesmo uma anuidade) para aproveitar não apenas o modo online, mas também os descontos na PSN e os jogos gratuitos liberados todos os meses.

Atualmente, com a alta do dólar nos últimos meses, a assinatura nacional da PlayStation Plus se tornou bem mais vantajosa do que se aventurar no serviço norte-americano. Lá fora, o serviço custa US$ 9,99 o mês e US$ 49,99 o pacote anual — ou seja, R$ 38 e R$ 190 na cotação atual. Já a versão nacional sai por apenas R$ 19,99 mensais ou R$ 99,99 ao ano. No fim das contas, uma economia e tanto.

Conteúdo Original: CANALTECH

 

WINDOWS 10 PARA XBOX ONE SERÁ LANÇADO NO DIA 12 DE NOVEMBRO

A Microsoft anunciou nesta semana que o Windows 10 para Xbox One será lançado no dia 12 de novembro. E a atualização será gratuita.

WINDOWS 10 PARA XBOX ONE

A nova interface introduzida com Windows 10 para Xbox One tem como foco principal a velocidade e a facilidade de uso. A nova interface traz estão uma tela inicial redesenhada, novo guia e a nova seção Community. Com a tela inicial redesenhada, ficará mais fácil para você encontrar conteúdo acessado com frequência e a seção Community inclui o feed de atividades onde você pode acompanhar as atualizações mais recentes dos seus amigos e dos desenvolvedores. O Windows 10 para Xbox One também receberá a assistente pessoa Cortana, mas só em 2016. Ela ajudará você a avaliar seu jogo e também permitirá que você encontre novos jogos, desafiantes e amigos na Xbox Live. A Cortana também ajudará você a obter conquistas de jogos ao exibir vídeos e informações necessárias para isso.

RETRO COMPATIBILIDADE

Outra novidade que será lançada junto com o Windows 10 para Xbox One é a retro compatibilidade, que permitirá que os usuários rodem jogos do Xbox 360 nele. De acordo com a Microsoft, com a retro compatibilidade no Xbox One os jogos do Xbox 360 rodarão da mesma forma, mas com o suporte para alguns recursos do novo console. Por exemplo, os usuários poderão capturar screenshots, fazer o streaming de gameplays e gravar suas partidas nos jogos do Xbox 360 rodando no Xbox One. A Microsoft já confirmou que cerca de 100 títulos serão suportados inicialmente. Novos títulos serão suportados nos meses seguintes. Outro detalhe é que todos os jogos do Xbox 360 disponibilizados futuramente como parte do programa Games with Gold já serão compatíveis com o Xbox One.

FONTE: BABOO