Testamos o videogame Wii U, com controle que imita tablet

Wii U - Controle

Quer deixar um funcionário da Nintendo sem jeito? Pergunte por que o Wii U, sucessor do videogame Wii, ainda não tem nenhum game anunciado, sendo que o console chega às lojas na segunda metade deste ano, segundo a empresa. Na Consumer Electronic Show (CES), em Las Vegas, a a fabricante e desenvolvedora de games poderia estar mostrando os novos “Super Mario”, “Metroid” ou “Zelda”. No entanto, preferiu não ter um estande no evento e, sim, um pequeno quarto em um hotel próximo. Ali, em vez dos jogos, demonstrou “experiências”.
A intenção da Nintendo é mostrar como é jogar em duas telas em um console doméstico, algo que deu muito certo com os jogos nas duas telas do Nintendo DS e, agora, no 3DS. O primeiro é o videogame portátil mais vendido de todos os tempos, com mais de 151 milhões de unidades vendidas.

Nintendo Wii U proporciona experiência como a do DS, de jogar com duas telas .

Controle Tablet do Wii U

O Wii U tem um design muito similar ao Wii. Ele só é um pouco mais comprido e com bordas arredondadas. E conta com um controle no formato de tablet. Ele apresenta duas alavancas analógicas, essenciais para jogos de tiro em primeira pessoa (quando você não vê o personagem, apenas a arma, como se a estivesse segurando). Além disso, há dois botões de ombro, dois gatilhos, os tradicionais botões de ação, 4 deles, e um direcional digital.

A tela sensível ao toque é o diferencial. Com ela, o jogador pode interagir diretamente com o jogo, realizando alguma ação nela, até acessar diferentes informações.

De olho na telinha 

Este foi o foco da primeira “experiência” do G1 com o Wii U. O jogo consistia em 3 amigos em um labirinto e um quarto, munido do controle-tablet, que tinha que fugir deles. O jogador em fuga não olha para a televisão e, sim, para a tela do joystick, que mostra o mapa do labirinto e onde estão os adversários, além de apresentar uma pequena tela de jogo. Os outros gamers usam Wii Remotes, controles do Wii original que são compatíveis com o Wii U, para caçá-lo. Embora seja um game muito curto, é bastante divertido jogar em equipe para caçar o fugitivo, uma vez que os jogadores são obrigados a conversar e se ajudar para vencer a partida.

Console Nintendo Wii U

Ao jogar como quem foge, a experiência muda bastante. Ver a posição dos adversários ajuda -e dá uma agonia grande vê-los se aproximando. Vence quem pegar o fugitivo dentro do tempo determinado.
Num segundo teste foi apresentado um game de tiro em terceira pessoa, com a câmera mostrando o personagem pelas costas. Quem jogava com o Wii Remote e a extensão Nunchuck tinha que caçar uma nave espacial que voava pelo cenário repleto de obstáculos do usuário que tinha o controle-tablet. Nada muito diferente do que já foi visto em games do Wii. Entretanto, ao jogar como a nave usando o novo joystick, o resultado é muito mais interessante. Somado ao fato de ter que usar as duas alavancas analógicas para fazer a nave andar para frente e para trás, para a direita e para a esquerda e para cima e para baixo, era necessário girar o controle para os lados para movimentar a câmera e a mira para atacar os outros jogadores — tudo isso visualizando a imagem do jogo na tela sensível ao toque do controle.
É muito mais difícil controlar um game desta maneira mas, ainda assim, é uma tarefa que permite uma interação maior com o jogo.

360 graus 

A terceira experiência foi a mais interessante em termos de tecnologia, já que não se tratava de um jogo. Foi colocado um vídeo na tela em que parecia que se estava andando em cima de um carro do serviço Street View, dos mapas do Google. Enquanto o vídeo era reproduzido, no controle aparecia a mesma imagem, com a diferença de que, ao girar o periférico para os lados, a câmera se movia 360 graus. Era possível, ainda, ampliar a imagem para ver detalhes como nomes de ruas ou pressionar um botão para ver o que acontecia nas “costas” do usuário.

A aplicação é bastante interessante e pode ser usada tanto para o uso no Street View, por exemplo, ou para algo ainda mais grandioso. Pense em assistir a um filme que teve cenas gravadas com a câmera de 360 graus. Em uma batalha, por exemplo, o espectador teria a opção de ver a cena por outros ângulos diretamente na tela do tablet, apenas movimentando-o para os lados, para cima e para baixo.
Ainda é incerto se Nintendo vai mesmo lançar o Wii U em 2012. Mas ela está tomando todo o cuidado para tornar inéditas as “experiências” de seu novo console. Se continuar neste caminho e continuar usando a mesma criatividade vista em alguns jogos do Wii, o novo aparelho já tem meio caminho andado para ser bem recebido.

Fonte: G1/Globo
Anúncios

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s