Preview Twisted Metal

Twisted Metal

Há um certo tempo David Jaffe prometera que entregaria um jogo grandioso, divertido e com uma alta dose de adrenalina e loucura. Esse jogo, segundo ele, seria o novo Twisted Metal. Depois de grande tempo em desenvolvimento, mil ameaças de cancelamento e uma base de fãs desesperadas para por a mão no jogo, finalmente a demo é lançada. Confira agora o que ela nos mostrou sobre o jogo.

Logo de cara o game nos mostra para o que veio: Muito som pesado, sangue e uma sádica violência. A trilha sonora, composta por diversas bandas desde o rock clássico ao new metal, não erra em cada escolha de faixa, encaixando perfeitamente com o jogo, o ritmo e até a violência desenfreada.
A trilha é capaz de acender uma chama no jogador e transforma-lo numa máquina de matar só pela força do impulso musical, é de enlouquecer! Não só a trilha sonora está excelente, como também os efeitos sonoros; Armas, pneus, metal distorcido, destroços caindo em cima de cada superfície e até o ar sendo rasgado são coisas que você vai ouvir com uma boa qualidade, está tudo lá.

Me peguei diversas vezes reparando no som do ambiente e explosões para saber a que distancia o inimigo estava e onde ele estava, algo bastante possível em alguns pontos do mapa.

O jogo também não fica só nisso, seus gráficos estão muito bons, nada fora do comum, mas nada abaixo do comum também. A modelagem dos veículos é algo a parte, são detalhes bem desenhados e bem pensados na maioria das vezes. No todo o jogo é bem apresentável, seus mapas são bem construídos, nem tão grandes e nem tão pequenos, há detalhes em toda a parte deles, desde jornais ao chão como poeira levantando quando um veículo passa ou uma explosão acontece, muitas vezes são esses detalhes que vão fazer você dizer aquele “WOW” quando você destruir um inimigo, desviar de um míssil e ele bater numa casa e botar ela abaixo.

Bem, até aqui o jogo veio se apresentando muito bem, mas à parte em que realmente importa nesse jogo é a jogabilidade…e que jogabilidade! Para muitos, no começo, o game vai parecer extremamente confuso, rápido e sem estratégia…acontece que quando você pega o jeito da coisa vai ver que tudo muda. Ele vai continuar rápido, ele vai continuar confuso, mas de um jeito extremamente agradável! Cada veículo tem uma característica, cada qual pode trazer uma diferença dentro da batalha, literalmente falando.
Mas a profundidade do gameplay não pára por aí! Cada veículo se dá bem melhor com um tipo de arma, cabe ao jogador saber escolher que arma usar em seu veículo no momento certo e no mapa certo! Em um único mapa cada área dele tem um veículo que se saí melhor do que os outros, cabe ao jogador saber aproveitar a área que lhe dá vantagem, junto a arma e fazer bom uso de tais.

Novamente, o mapa é muito bem desenhado, de uma forma concisa o suficiente para dar ênfase a jogabilidade. Eu espero que a Sony dê suporte para o jogo, lançando pacote de mapas e novos veículos com o tempo, pois certamente o jogo tem potencial para isso.

Twisted Metal é um jogo que, infelizmente hoje, não recebeu tanta atenção dos jogadores. É um gênero que há muito tempo sumiu, em que apenas jogadores da era do ps1 se lembram…Mas é uma das coisas mais divertidas que você vai encontrar por aí, pode apostar.
Eu só espero que com a versão completa eles consertem alguns pequenos erros, balancem os veículos de forma mais equilibrada, tragam muitos mapas e uma variedade deles.

Um título mais que recomendado para os donos do PlayStation 3.

Fonte: Maximumpixel
Anúncios

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s