Prévia: Grid Autosport

“Queríamos fazer um jogo para os fãs do primeiro ‘Grid’, e não continuar na trilha de ‘Grid 2′”. É assim que o produtor executivo de “Grid Autosport”, Clive Moody, apresenta seu recém-anunciado projeto de PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

“Nós tivemos sucesso com ‘Grid 2’. Mas fizemos com ele coisas que não eram as que queríamos fazer. Assim, ‘Autosport’ representa uma volta às raízes para nós da Codemasters. É um game apenas sobre esportes motorizados em sua forma mais pura”, explica.

Em um teste, as comparações com o primeiro “Grid” mostraram-se válidas. O jogo reteve seu espírito metade arcade, metade simulação do original e descartou todas as firulas desnecessárias que atrapalhavam as corridas de “Grid 2”.

Cinco jogos em um

Alvejando sempre seguir essa proposta de ‘jogo puro de corrida’, “Autosport” oferece ao jogador um grande nível de liberdade até mesmo na forma em que o modo carreira é enfrentado. Mais aberto do que nunca, ele divide-se em cinco diferentes categorias bem distintas de eventos: corridas com carros de turismo, provas de resistência, competições de tuning, corridas com monopostos e disputas de rua.

Os jogadores poderão enfrentar cada uma dessas categorias na ordem que desejar, ou então focar-se em apenas uma delas. “O game é focado nas corridas, e não no aspecto de gerenciamento. Assim, cada uma das diferentes disciplinas terão dezenas de horas de conteúdo por si só”, revela Moody.

Ao fim da carreira, um modo final combinará elementos de todas as disciplinas para testar o domínio dos jogadores. “Demorará um pouco para que os fãs cheguem nesse modo”, diz o produtor.

Modo online

Com suporte à rede proprietária de interações RaceNet, o modo online de “Grid Autosport” ganhou uma série de novidades com base na listas das funções mais pedidas pelos fãs de jogos anteriores da Codemasters. Uma delas: o sistema de ‘clubs’, que funcionarão como clãs, com rankings próprios e até mesmo ‘liveries’ para veículos compartilhadas.

Outra mecânica bastante destacada por Moody em sua apresentação envolve o uso dos carros no online. “Na medida em que o jogador entra em disputas de rede, os carros dele aumentam de nível, ganham upgrades, mas também envelhecem”, revela. “Assim, com o passar do tempo, os bólidos ficam mais poderosos, mas seus custos de manutenção também tornam-se mais altos. Para se dar bem, é preciso equilibrar o uso dos veículos”.

Ao menos pelas promessas de Moody, a Codemasters planeja oferecer suporte ao game muito além de seu lançamento. “Temos muitos planos para dar longevidade ao projeto”, revela. Segundo o produtor, isso inclui a possibilidade de DLCs expandirem o conteúdo do jogo básico, entre outras coisas.

Nova Geração

“Nossos fãs não estavam com pressa para a nova geração”, explica Moody ao ser questionado sobre o porquê de “Autosport” não ter versões para PlayStation 4 e Xbox One. Segundo o produtor, a Codemasters queria oferecer uma experiência nova para as plataformas que seus fãs já conhecem – e também não tinha planos para apressar o lançamento de um “Grid” na nova geração com medo de entregar um game que não fizesse justiça aos novos consoles.

“Grid Autosport” será lançado para PlayStation 3, Xbox 360 e PC no dia 24 de junho. Assim como games anteriores da Codemasters, ele será lançado totalmente localizado para o português do Brasil.

FONTE: UOL

Lenda do MMA, Royce Gracie voltará ao octógono em “EA Sports UFC”

Além de Bruce Lee, o game “EA Sports UFC” terá outro lutador veterano como convidado: o brasileiro Royce Gracie, três vezes campeão do torneio e vitorioso também em lutas nos campeonatos japoneses Pride e K-1.

Faixa-preta 7º grau em jiu-jitsu, Royce foi o primeiro campeão do UFC, derrotando três adversários na mesma noite. O brasileiro protagonizou lutas épicas, como o combate contra o enorme adversário Kimo Leopoldo no UFC 3, com direito a golpes nos genitais e puxões de cabelo.

Quem fizer a compra antecipada de “EA Sports UFC”, já poderá jogar com Royce Gracie desde o começo do game. Caso contrário, o lutador poderá ser liberado após terminar a campanha solo na dificuldade Pro ou superior. Royce Gracie poderá ser selecionado para lutas na divisão de peso Meio Médio.

“EA Sports UFC” sai em 17 de junho para PlayStation 4 e Xbox One.

FONTE: UOL

DESENVOLVEDORES: NESTE FIM DE SEMANA VAI ROLAR UM EVENTO VOLTADO PARA A CRIAÇÃO DE MOBILE GAMES

Se você é desenvolvedor e quer aprender coisas novas, trocas ideias ou apresentar seus projetos, fique ligado: a Telefônica Vivo vai promover neste final de semana (26 e 27 de abril) em São Paulo a segunda edição do Firefox OS Game Hackathon, evento voltado para o desenvolvimento de jogos para o Firefox OS, o SO mobile da Mozilla.

 O 2º Firefox OS Hackathon vai contar com um ciclo de palestras de jogos e um concurso de desenvolvimento com duração de 24 horas. E os três melhores de cada categoria – profissional e amador – vão levar prêmios!

Você pode fazer a inscrição gratuita neste link até o dia 25 de abril, também conhecido como amanhã. Os termos do concurso estão aqui.

Vale ressaltar que a participação é limitada a 150 participantes, então se agilize! Ah, e o endereço é: Rua Martiniano de Carvalho, 851, na Bela Vista, em São Paulo.

Embora o Firefox OS não seja um sistema móvel tão popular quanto os Androids e iOS da vida, para quem está começando sempre é bom poder participar de projetos que incentivam o desenvolvimento de jogos, não é?

Sem contar que o Firefox OS ainda está chegando ao mercado, e pode despontar como uma boa nova opção, com sua plataforma opensource amigável, baseada em HTML5.

Por isso fica a dica desenvolvedores: arregacem as mangas, aproveitem a oportunidade, mostrem seu talento… e depois nos contem como foi o evento !

FONTE: ARKADE

ROAD REDEMPTION GANHA NOVO VÍDEO DE GAMEPLAY DA VERSÃO ALPHA

Acelere sua moto e calibre bem seus golpes, pois o sucessor espiritual de Road Rash, Road Redemption, ganhou um novo vídeo com imagens de gameplay, confira!

Em janeiro deste ano, Road Redemption havia recebido um trailer mostrando um pouco de suas mecânicas, e agora um novo vídeo foi lançado, mostrando o sistema de combate corpo a corpo da versão alpha do game. Aumente a resolução do video e clique em play:

O game financiado por uma campanha no Kickstarter e criado através da engine Unity conta com gráficos bonitos e bastante violência. É possível perceber o peso de uma marretada na cabeça dos oponentes. Como no game original, Road Redemption contará com uma boa variedade de armas, como martelos, marretas, pás, placas e até mesmo katanas, além de armas de fogo. Os carros na pista também serão mortais, e o jogador terá a possibilidade de chutar os outros corredores para baterem de frente com carros na estrada.

E o game ainda tem a benção do co-criador de Road Rash, Dan Giesler, que inclusive declarou que está muito ansioso para jogar o game e “chutar traseiros”.

Graças a arrecadação de cerca de 170 mil dólares, o game será lançado para PC, Mac, Xbox 360 e WiiU.

AIRMECH ARENA: JOGO QUE É TIPO UM DOTA COM ROBÔS GIGANTES CHEGA EM BREVE AO XBOX 360… DE GRAÇA!

Você gosta de DotA ? E de robôs gigantes fortemente armados caindo na porrada? Se sua resposta foi “SIM” para estas duas perguntas, AirMech Arena foi feito pra você!

 Talvez este jogo não seja necessariamente uma novidade para muita gente, visto que, nos PCs, ele já pode ser jogado – gratuitamente – desde 2012. A novidade é que agora o game está chegando aos consoles, mais especificamente ao Xbox 360, onde também poderá ser jogado de graça!

Bebendo na mesma fonte dos MOBAs que fazem sucesso no mundo todo, AirMech Arena tira os bárbaros , os elfos, os magos e os trolls de cena, substituindo-os por poderosos robôs de combate.

Com uma vibe meio Transformers, os robôs ainda podem se transformar em veículos – como helicópteros ou jatos – para se locomover pelo campo de batalha.

Confira abaixo o trailer que apresenta AirMech Arena para os gamers de console:

Considerando que o gênero MOBA é meio carente de bons títulos nos consoles, pode ser que AirMech Arena seja uma boa novidade… e é como diz o ditado: “de graça até injeção na testa”.

O release informa que o game oferece jogo single player, bem como multiplayer cooperativo e competitivo, este último para 2 equipes de 3 jogadores cada. Cada mech poderá ser melhorado e customizado com equipamentos que você adquire conforme progride.

Se você se interessou fique ligado: AirMech Arena chega ao Xbox 360 – com distribuição garantida pelaUbisoft – durante o verão estadunidense.

FONTE: ARKADE

BORDERLANDS: VEM AÍ UM NOVO JOGO DA SÉRIE, CONFIRA TRAILER E NOVIDADES!

Prepare sua mochila para coletar muito loot, pois em breve iremos retornar às Borderlands: aGearbox e a 2K Games anunciaram Borderlands: The Pre-Sequel, com uma história que irá se passar entre os acontecimentos dos dois games anteriores.

Embora a ideia possa passar uma errônea impressão de “poderia ser um DLC”, Borderlands: The Pre-Sequel promete ser tão grande e profundo quanto os games já lançados.

Sua história também será totalmente nova, acontecerá entre os eventos dos games anteriores, e irá te colocar trabalhando ao lado de ninguém menos que Handsome Jack, o grande vilão de Borderlands 2!

Na trama de The Pre-Sequel, Handsome Jack caiu com a estação espacial Hyperion na Lua, e como seu ajudante, você foi escalado para ajudá-lo a tirar a base de lá. Nessa missão, você irá acompanhar a decadência de Jack, do líder espirituoso para o terrível vilão que ele foi em Borderlands 2.

Confira abaixo o primeiro trailer de Borderlands: The Pre-Sequel, que já apresenta algumas boas novidades:

https://www.youtube.com/watch?v=smFJaRWwvRs

Como você viu no trailer, teremos 4 novos personagens, representando 4 classes totalmente novas para a série: Nisha é uma Lawbringer, Athena é uma Gladiator, Wilhelm é um Enforcer… e ele, o famoso ClapTrap, representa a classe FragTrap!

Com as novas classes, chegam toneladas de novas armas e equipamentos, bem como novos inimigos e todo o ambiente lunar para ser explorado, com sua baixa gravidade que influenciará diretamente nogameplay.

Então, se você já estava com saudades das Borderlands, fique ligado: Borderlands: The Pre-Sequelchega no segundo semestre, confirmadíssimo para PC, Playstation 3 e Xbox 360.

H1Z1: “DAYZ” DA SONY SERÁ GRATUITO E TERÁ POSSÍVEL VERSÃO PARA PS4

A Sony Online Entertainment anunciou H1Z1, seu “simulador de apocalipse zumbi” criado à imagem e semelhança de DayZ e outros títulos do gênero. Veja os primeiros detalhes.

O jogo segue os moldes de DayZ (inicialmente um mod de Arma 2 que ganhou uma versão própria) e seus seguidores, como o polêmico WarZ (hoje chamado Infestation: Survivor Stories) e o menos conhecido Nether – todos games de mundo aberto nos quais os jogadores são livres para lutar por sua sobrevivência.

Pelo Reddit, a SOE revelou um bocado de detalhes e recursos que estarão presentes em H1Z1: estão confirmados veículos (inclusive aéreos, citados como uma possibilidade), criação de bases, comércio e troca de itens entre jogadores, ciclo dia-noite e servidores capazes de comportar milhares de sobreviventes em um mundo devastado por um clichê vírus mortal (o tal H1Z1 do título) que transforma as pessoas infectadas em seres extremamente violentos.

Também foi divulgado um vídeo de apresentação do gameplay que, apesar de ter um formato diferente dos trailers e devlogs com os quais estamos acostumados, já serve para dar uma ideia de como o jogo será:

https://www.youtube.com/watch?v=lneZYriSbG4

O anúncio do game vem acompanhado de uma porção de coisas manjadas, parecendo simplesmente juntar tudo que vem fazendo sucesso em games semelhantes (como as construção de bases de Rust, jogo de sobrevivência do criador de Gary’s Mod) em um só pacotão mainstream – apoiado pela sólida estrutura que a SOE já tem na área de jogos online.

E neste ponto ele pode estar seu potencial, afinal o estúdio manja bastante sobre manter servidores com milhares de jogadores conectados, vide Planetside 2. A tecnologia afiada da empresa também pode ser uma força essencial para deixar a experiência de H1Z1 bastante refinada. No fim das contas, se H1Z1 vai se destacar ou se será “apenas mais um” neste gênero que está ficando rapidamente batido, só o tempo vai dizer.

Outro detalhe que pode deixar uma porção de gente com o pé atrás é o fato do jogo ser free-to-play. Vários desenvolvedores já usaram e abusaram das venda de itens, muitas vezes apelativos, neste tipo de jogo. A SOE “prometeu” que isso não vai acontecer em H1Z1: segundo um resumo feito no Reddit,“microtransações jamais terão efeito direto no combate PvP [jogador contra jogador]. Provavelmente nem coisas como curativos serão ‘compráveis’”.

Da mesma forma como foi feito em DayZ e Infestation, o jogo deve sair em fase alpha (com o público podendo jogar antes do game estar pronto). Seu lançamento está previsto para a metade do ano, ainda sem data definida, para PC. Uma possível versão para PlayStation 4 foi mencionada pelos desenvolvedores, mas não foi confirmada.

FONTE: ARKADE