Prévia: Grid Autosport

“Queríamos fazer um jogo para os fãs do primeiro ‘Grid’, e não continuar na trilha de ‘Grid 2′”. É assim que o produtor executivo de “Grid Autosport”, Clive Moody, apresenta seu recém-anunciado projeto de PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

“Nós tivemos sucesso com ‘Grid 2’. Mas fizemos com ele coisas que não eram as que queríamos fazer. Assim, ‘Autosport’ representa uma volta às raízes para nós da Codemasters. É um game apenas sobre esportes motorizados em sua forma mais pura”, explica.

Em um teste, as comparações com o primeiro “Grid” mostraram-se válidas. O jogo reteve seu espírito metade arcade, metade simulação do original e descartou todas as firulas desnecessárias que atrapalhavam as corridas de “Grid 2”.

Cinco jogos em um

Alvejando sempre seguir essa proposta de ‘jogo puro de corrida’, “Autosport” oferece ao jogador um grande nível de liberdade até mesmo na forma em que o modo carreira é enfrentado. Mais aberto do que nunca, ele divide-se em cinco diferentes categorias bem distintas de eventos: corridas com carros de turismo, provas de resistência, competições de tuning, corridas com monopostos e disputas de rua.

Os jogadores poderão enfrentar cada uma dessas categorias na ordem que desejar, ou então focar-se em apenas uma delas. “O game é focado nas corridas, e não no aspecto de gerenciamento. Assim, cada uma das diferentes disciplinas terão dezenas de horas de conteúdo por si só”, revela Moody.

Ao fim da carreira, um modo final combinará elementos de todas as disciplinas para testar o domínio dos jogadores. “Demorará um pouco para que os fãs cheguem nesse modo”, diz o produtor.

Modo online

Com suporte à rede proprietária de interações RaceNet, o modo online de “Grid Autosport” ganhou uma série de novidades com base na listas das funções mais pedidas pelos fãs de jogos anteriores da Codemasters. Uma delas: o sistema de ‘clubs’, que funcionarão como clãs, com rankings próprios e até mesmo ‘liveries’ para veículos compartilhadas.

Outra mecânica bastante destacada por Moody em sua apresentação envolve o uso dos carros no online. “Na medida em que o jogador entra em disputas de rede, os carros dele aumentam de nível, ganham upgrades, mas também envelhecem”, revela. “Assim, com o passar do tempo, os bólidos ficam mais poderosos, mas seus custos de manutenção também tornam-se mais altos. Para se dar bem, é preciso equilibrar o uso dos veículos”.

Ao menos pelas promessas de Moody, a Codemasters planeja oferecer suporte ao game muito além de seu lançamento. “Temos muitos planos para dar longevidade ao projeto”, revela. Segundo o produtor, isso inclui a possibilidade de DLCs expandirem o conteúdo do jogo básico, entre outras coisas.

Nova Geração

“Nossos fãs não estavam com pressa para a nova geração”, explica Moody ao ser questionado sobre o porquê de “Autosport” não ter versões para PlayStation 4 e Xbox One. Segundo o produtor, a Codemasters queria oferecer uma experiência nova para as plataformas que seus fãs já conhecem – e também não tinha planos para apressar o lançamento de um “Grid” na nova geração com medo de entregar um game que não fizesse justiça aos novos consoles.

“Grid Autosport” será lançado para PlayStation 3, Xbox 360 e PC no dia 24 de junho. Assim como games anteriores da Codemasters, ele será lançado totalmente localizado para o português do Brasil.

FONTE: UOL

Anúncios

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s