PREPARE SEU CORAÇÃO PARA O NOVO TRAILER DE UNCHARTED 4: A THIEF’S END

uncharted4Faltando pouco mais de 2 meses para o lançamento de Uncharted 4: A Thief’s End, a Naughty Dog soltou mais um trailer incrível do game. Bora conferir?

O novo vídeo é bastante focado na relação de Drake com seu irmão, Sam. O relacionamento dos dois sem dúvida será o estopim das novas aventuras do game, que aparentemente irá levar Drake e seus amigos para lugares tão belos quanto perigosos.

Confira o vídeo abaixo:

Unchared 4: A Thief’s End promete encerrar a carreira do aventureiro Nathan Drake em grande estilo. O game chega no dia 26 de abril, exclusivamente para Playstation 4, e chegará ao Brasil 100% em português.

Anúncios

De volta ao Brasil? Nintendo abre vaga para tradutor de produtos em português

122441-209271-nintendoFaz mais de um ano que a Nintendo deixou de lançar seus produtos oficialmente no Brasil. Agora, uma vaga de emprego aberta recentemente sugere que a companhia de Mario e Zelda está analisando um possível retorno ao país – ou quase isso.

A vaga em questão é para especialista de produto bilíngue que fale português do Brasil e que traduza textos de jogos, diálogos, manuais e roteiros de dublagem do inglês para o nosso idioma e vice-versa. O profissional será responsável pelas seguintes funções: fornecer suporte para serviços após o lançamento; identificar conteúdo que se adeque melhor ao gosto dos consumidores latino-americanos e reportar quais as principais dificuldades enfrentadas por esse público; demonstrar produtos da empresa; e traduzir simultaneamente reuniões, ligações e conferências relacionadas ao desenvolvimento e localização.

Além dessas tarefas, uma competência exigida chama atenção. Trata-se de “auxiliar o planejamento e direção de sessões de gravação de voz”, segundo a descrição da vaga no site da Nintendo of America, filial dos Estados Unidos. Isso é um indicativo de que a Big N pode estar se preparando para lançar os primeiros jogos dublados no país, uma vez que o funcionário ficará encarregado de participar de sessões de dublagem. O profissional também será responsável em cuidar para que os games sejam aprovados pela classificação indicativa local.

Outra possibilidade é que a vaga seja exclusivamente para a tradução do jogo Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games, que, como o nome diz, vai colocar os personagens Mario e Sonic em competições esportivas no Rio de Janeiro, cidade que irá sediar os Jogos Olímpicos neste ano.

Fora do Brasil

A saída da Nintendo do mercado brasileiro de jogos eletrônicos foi anunciada em janeiro de 2015. A empresa subsidiária da Juegos de Video Latinoamérica, Gaming do Brasil, vinha distribuindo os produtos da companhia japonesa no país desde 2011.

De acordo com Bill van Zyll, diretor e gerente geral da Nintendo da América Latina, a companhia enfrentava alguns desafios para se manter ativa no país, mas o principal deles eram as altas tarifas de importação. “O Brasil é um mercado importante para a Nintendo e lar de muitos fãs apaixonados, mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável”, disse o executivo na época do comunicado.

Posteriormente, a Nintendo reforçou seu compromisso com o mercado brasileiro ao afirmar que sua saída do Brasil era temporária, mas que não havia nenhum plano de estratégia sobre como aconteceria o retorno da empresa. “Considerando os empecilhos atuais que nos impedem de manter uma situação sustentável, não temos nenhuma prévia de quando voltaremos. O Brasil possui um mercado único, complexo e com alta carga tributária”, destacou Zyll.

Fato é que a empresa parecia não dar tanta importância aos jogadores brasileiros. Primeiro pelo fato de nunca ter traduzido seus jogos para o português, apenas a capa dos games e as funções básicas de seus consoles, como o Wii U e o 3DS. E segundo porque não fabricava seus aparelhos localmente – algo já adotado pela Sony e a Microsoft -, o que acabava por elevar os custos finais dos dispositivos. Cerca de um ano depois de encerrar suas operações por aqui, pouca coisa mudou.

FONTE: CANALTECH

Rockstar confirma que Grand Theft Auto 6 está a caminho

0fef2f3ca56c49328f09ef6b626d336c_small

Os jogadores de PC ainda mal receberam a versão de Grand Theft Auto V, que teve seu lançamento adiado para abril, mas os boatos a respeito da próxima edição da franquia de sucesso da Rockstar Games já circulam por aí.  De acordo com informações do TweakTown, o presidente da Rockstar North, Leslie Benzies, disse que a produtora está cheia de ideias para o game, mas que ainda não sabem exatamente como GTA 6 será. Ele explica ainda que tudo surge com uma ideia e a primeira pergunta a ser feita é: onde o jogo será ambientado? A partir daí começam a definir as missões, afinal, “você faz coisas diferentes em Los Angeles, Nova Iorque e Miami”.  Esse tipo de declaração faz a nossa imaginação voar longe, pensando no que GTA 6 pode nos trazer. Imagine, por exemplo, se a Rockstar decide trabalhar com o PC como plataforma principal do game e opta por trabalhar com o Oculus Rift?

FONTE: CANALTECH

36 milhões de donos de PS4 estão prontos para o PlayStation VR”, afirma Sony.

playstation-vrFaltam poucos meses até que os principais dispositivos de realidade virtual cheguem ao mercado consumidor. O Oculus Rift, do Facebook, tem lançamento previsto para março, enquanto o HTC Vive, da Valve, para abril. A Sony ainda não se manifestou sobre quando colocará à venda o PlayStation VR, mas a companhia espera que seu acessório alcance todos os donos de PlayStation 4.

Esta é a declaração de Richard Marks, chefe de desenvolvimento do headset, durante uma conferência no Vision Summit, em Los Angeles (Estados Unidos). De acordo com o executivo, a fabricante japonesa tem se posicionado como uma das melhores alternativas para atrair mais desenvolvedores e consequentemente atingir um público maior que está disposto a investir no mercado de realidade virtual.

“Cada pessoa que adquiriu um PS4 está pronta para o PlayStation VR”, disse Marks, se referindo às 36 milhões de unidades vendidas do videogame, o que, para ele, já é uma boa justificativa para que os profissionais considerem trabalhar com o dispositivo.

Além disso, os números seriam muito superiores às expectativas dos analistas em relação ao concorrente Oculus Rift, que deve vender “apenas” um milhão de unidades em seu primeiro ano. Marks também afirmou que, ao contrário do PlayStation VR, que já está pronto para funcionar com o console mais atual da Sony, tanto o Rift quanto o Vive não são compatíveis com todas as placas de vídeo. Cerca de cinco milhões de pessoas – sete vezes menos que os jogadores de PS4 – atenderiam a este requisito sem a necessidade de comprar um novo equipamento para suportar a tecnologia.

Mesmo assim, o chefe por trás dos óculos de realidade virtual da Sony não deu nenhum parecer sobre quanto o aparelho custará. Até o momento, o único dispositivo com preço confirmado é o Oculus Rift, que será vendido por US$ 599, separadamente, ou por até US$ 2.549 em bundles que incluem o acessório junto com um PC compatível.

Dificilmente o PlayStation VR custará tanto assim – previsões indicam que o aparelho terá o preço de um console. No entanto, esta pode ser uma boa oportunidade para a Sony tirar vantagem da situação, assim como fez no anúncio do preço do PS4 – na época, US$ 100 mais barato que o Xbox One. Um vazamento recente na Amazon do Canadá apontava que o dispositivo pode custar US$ 800, o que colocaria em cheque a estratégia da Sony em alcançar uma boa parcela de donos do PlayStation 4.

O mercado de realidade virtual deve movimentar o equivalente a US$ 5,1 bilhões em 2016 com a venda de aparelhos da categoria, segundo dados da SuperData. Em primeiro lugar aparece a Europa, que deve gerar US$ 1,9 bilhão do montante total, seguida pela América do Norte (US$ 1,5 bilhão) e Ásia (US$ 1,1 bilhão). O restante do mundo deve responder por US$ 600 milhões. No ano que vem essa quantia deve subir para US$ 8,9 bilhões e em 2018 para US$ 12,3 bilhões. Cerca de 39 milhões de pessoas se tornarão adeptas da tecnologia neste ano.

FONTE: CANALTECH