Novo trailer de Starhawk mostra a história do jogo

A Sony divulgou o primeiro trailer de Starhawk focado no enredo do game, mostrando as motivações dos personagens centrais e um pouco da ação que veremos na telinha. A companhia fez isso para lembrar aos seus fãs que o game multiplayer também tem um modo de história.

Starhawk é, na verdade, sequência de Warhawk, lançado em 2007. O game repete a fórmula do anterior, mas traz novidades: leva os jogadores a conflitos online com visão em terceira pessoa para até 32 participantes. Toda a saga é focada na vida de dois homens que tiveram o universo ao seu redor modificado.

A principal diferença, porém, está na ambientação. Warhawk mostrava uma guerra mais atual, com o uso de aviões tecnológicos e outros elementos de conflito, como tanques. Starhawk, por sua vez, se passa no espaço, em diferentes planetas, remetendo a um futuro distante.

O game chega em maio, para PlayStation 3. Fique com o vídeo.

Fonte: VG247
Anúncios

Atualização da CryEngine traz gráficos ainda mais incríveis!

Com opções avançadas de renderização e novo sistema de inteligência artificial, motor gráfico pode deixar games com imagens de tirar o fôlego.

A Crytek anunciou durante a semana  o lançamento do CryEngine SDK 3.4. O motor gráfico conta com dezenas de inovações e pode fazer com que os games tenham um visual repleto de detalhes. No vídeo abaixo, você pode conferir um pouco daquilo que as atualizações do CryEngine são capazes de oferecer. Melhor inteligência artificial, opções avançadas de renderização e controle mais preciso para texturas e cores das mais variadas (transformadas em tempo real), são algumas das novidades na CryEngine.

A navegação em multicamadas é um sistema superpoderoso para os mapas de jogo, melhorando muito as respostas da inteligência artificial. A renderização para a textura da pele cria um aspecto mais realista para os personagens, com simulação avançada de profundidade. Além disso, oleosidade da pele, controle de íris e dilatação de pupila agora são feitos com uma precisão incrível, permitindo a total personalização pelos desenvolvedores.

Superfícies como vidro ou água também ganham mais detalhes em seus reflexos e sombras, possibilitando, inclusive, criar imagens que demonstram densidades diferentes no mesmo material. É possível, por exemplo, criar padrões para janelas regulares, vitrais, cristal e plástico transparente. Outros recursos, como a possibilidade de incluir poeira e nevoeiros ainda mais realistas são capazes de transformar totalmente a experiência na jogatina. Todas essas novidades possivelmente serão vistas no Crysis 3, com lançamento previsto para 2013.

Fonte: Tecmundo

Novo game baseado em Star Trek ganha trailer

Anunciado na E3 do ano passado, Star Trek: The Game é situado após os eventos do filme de 2009, e serve como ligação para a sequência, atualmente em produção. Star Trek agora é um game de tiro em terceira pessoa cooperativo, com todos os elementos de cobertura que se espera do gênero. Programado inicialmente para este ano, o jogo foi adiado para o início de 2013 e ganhou um trailer.

Desenvolvido pela Digital Extremes e distribuído pela Namco Bandai, o jogo é frenético e detalhado, revisitando o universo e os personagens do filme de J.J. Abrams. Cooperativo, o jogo permite que os jogadores entrem e saiam facilmente das partidas. Ainda não foi confirmado se a cooperatividade será somente online ou também local, nos consoles.

O jogo tem sido comparado a Mass Effect e suas sequências, mas não terá os mesmos elementos de RPG, mantendo o foco principalmente na ação. O Capitão Kirk e Spock serão os protagonistas, mas o jogo terá outros personagens jogáveis. Além das armas com tiros de phaser, outro equipamento será muito importante nesa aventura: as “Life Support Propulsion Units”, ou LSPUs, espécie de armadura que permite saltos e pequenos voos no espaço.

Essas LSPUs garantem momentos de tensão no jogo, nos quais os heróis devem, por exemplo, fugir de uma nave destruída no espaço em direção à Enterprise, quando não há possibilidade de teletransporte, desviando de detritos e minas flutuantes até sua nave. Este é apenas um dos elementos de jogabilidade não-convencionais do título. Em determinados momentos, pode ser necessário carregar seu parceiro até uma estação médica.

Mais detalhes sobre o jogo devem ser divulgados ao longo do ano. Star Trek: The Game será lançado para PlayStation 3, Xbox 360 e PCs. Ainda não há informações sobre uma possível versão para o Wii U. Confira o mais novo trailer:

Fonte: IGN

Novo trailer de Prototype 2 mostra como arrancar armas de inimigos

Um novo trailer de Prototype 2 foi liberado pela Radical Entertainment, mostrando como o sargento James Heller poderá contar com armas fornecidas pelos veículos de seus inimigos, além de seus próprios poderes.

Heller poderá arrancar armas de veículos militares, como lança-mísseis e metralhadoras giratórias, e depois utilizá-las contra eles mesmos. Pode não ser exatamente uma visão realista de como armamentos funcionam, mas deverá tornar a jogabilidade interessante.

Este vídeo é o primeiro de uma nova série de trailers do game, que seria algo como “Chutando traseiros em Prototype 2″, a qual deverá trazer ainda mais destruição nas próximas semanas até o lançamento do jogo em 24 de abril.

Fonte: Techtudo

Mais uma vitória: Namco confirma Dark Souls para PC em Agosto

Bem, amigos do sadomasoquismo, é isso aí: Dark Souls vai finalmente sair para PC, no mundo todo, em 24 de agosto, revelou a Namco Bandai em um evento de imprensa realizado nesta quarta-feira (11).

O trailer dessa edição Prepare to Die confirma as informações que já haviam vazado: vamos ter pelo menos três chefes novos (o dragão, a quimera e essa… mão com olhos do vídeo acima) e áreas inéditas.

Aparentemente, a ideia inicial da produtora era se limitar às versões de PS3 e Xbox 360, mas os constantes pedidos dos fãs (mais de 90.000 assinaturas) fizeram com que ela e a desenvolvedora From Software mudassem de ideia. Mais uma petição que deu certo?

Segundo o Gamespy, o Demon Souls de PC vai usar o famigerado Games for Windows Live, aquela “Xbox Live de PC” que não é tão bem vista por aqui quanto o Steam.

Dark Souls foi lançado originalmente em outubro de 2011 e, para mim, foi um dos grandes jogos do ano  junto com Portal 2. E vale muito a pena dar uma chance ao jogo, seja no PC ou nos consoles, se é que você ainda não deu.

Fonte: Kotaku

Novo trailer de Resident Evil 6 traz nova data, detalhes do enredo e personagens inéditos – incluindo Wesker Jr.

Se você achava que 20 de novembro era muito tempo para esperar por Resident Evil 6, o Captivate 2012, evento fechado realizado pela Capcom, acaba de trazer uma ótima notícia. O aguardado game ganhou uma nova data e chegará aos consoles um mês antes do esperado, mais especificamente no dia 2 de outubro.

A nova data foi anunciada em um trailer vazado no início desta terça-feira, que também traz alguns detalhes sobre o enredo do game. Como pode ser visto no vídeo — estranhamente legendado em italiano —, o mundo sofre com uma nova ameaça, chamada Vírus-C, que está sendo utilizada por Ada — que agora é a nova vilã — e um grupo de bioterroristas.

Além disso, temos a aparição de personagens inéditos e alguns já velhos conhecidos dos fãs. Juntamente com Ada Wong, temos Sherry Birkin aparecendo em diversos momentos do vídeo, se mostrando como peça-chave dentro do enredo.

No entanto, o que mais chamou a atenção foi a identidade do misterioso mercenário que apareceu em vídeos anteriores: trata-se de Wesker Junior, filho do icônico vilão da série. É claro que isso revoltou muita gente, principalmente por acreditarem que a paternidade é algo que não se encaixa na personalidade do personagem. No entanto, sabemos que ainda há muita coisa para acontecer até 2 de outubro, quando tudo será devidamente explicado.

Por fim, o novo trailer de Resident Evil 6 traz uma das cenas mais esperadas pelos fãs: o encontro de Leon e Chris. Além de ficarem cara a cara pela primeira vez, os dois protagonistas até mesmo trocam alguns socos, mostrando que ação não vai faltar no game.

Fonte: Baixakijogos

Brutalidade ao Extremo, Bárbaro de “Diablo III” em trailer em português; assista

Hora de conhecer mais um dos heróis de “Diablo III”. Desta vez, o destaque é o Bárbaro, única classe que volta de edições anteriores da série de RPG da Blizzard.

Dono de força monstruosa, o Bárbaro pode equipar duas armas ao mesmo tempo, Assim estraçalha seus inimigos com muita facilidade – ou trocar por equipamentos específicos para usar com duas mãos. Você pode assistir ao vídeo completo e conhecer mais detalhes na janela logo Abaixo.

No Brasil, “Diablo III” estará disponível via download em 15 de maio ao preço sugerido de R$ 99. A edição física, na caixinha, chega apenas dia 7 de junho. A exemplo de “Starcraft II”, o título chega totalmente traduzido para português, das vozes e legendas até detalhes nos cenários.

A versão digital de “Diablo III” já está em pré-venda no site oficial do game, sendo que a pré-venda da edição física começa dia 15 de maio. O pacote especial do game também estará disponível no mercado brasileiro, mas ainda não possui data ou preço definidos…

E ai você esta Pronto ?

Um novo mal

A história de “Diablo III” se passa vinte anos depois dos eventos do antecessor. Os demônios Mephisto, Diablo e Baal foram derrotados, mas a Worldstone, que protegia o mundo tanto das alturas celestiais como das profundezas do inferno, foi destruída, e o Mal ameaça novamente o mundo do Santuário.

Controlando uma das cinco classes diferentes de personagens, o jogador vai cumprindo missões – tanto aquelas que fazem parte do roteiro como as que surgem aleatoriamente -, ganhando novos equipamentos e habilidades ao longo do tempo. “Diablo III” também terá um sistema de compra e venda de itens baseado em dinheiro real, e a versão brasileira será localizada para o português.

Fonte: Gamingtruth

Mass Effect 3 recebe pacote gratuito para o multiplayer essa semana

A produtora BioWare revelou o lançamento do pacote The Resurgence Pack para Mass Effect 3. O extra é gratuito e vem para o multiplayer do game, adicionando seis novos personagens, muitas armas e dois mapas. Sua data de lançamento esta marcada para esta terça-feira (dia 10), no PlayStation 3, PC e Xbox 360.

O The Resurgence Pack  adiciona novas raças jogáveis na experiência multiplayer de Mass Effect 3, entre elas uma Asari Justicar, um soldador Batarian, um engenheiro Geth, entre outros guerreiros que prometem deixar o modo online cooperativo do jogo ainda mais variado. Outra novidade no pacote são os mapas Firebase Condor e Firebase Hydra, que vão conceder novas opções e táticas de combate para o jogador.

As armas presentes neste pacote somam três – um Striker Assault Rifle, com longo poder de alcance, um Kishock Harpoon Gun, que penetra na armadura dos inimigos e um Geth Plasma semiautomático, capaz de disnortear inimigos.

Lembrando que este pacote extra ainda não possui qualquer ligação com o “final complementar” que a produtora recentemente prometeu para o jogo. A BioWare divulgou um trailer onde demonstra as novidades do The Resurgence Pack, o vídeo pode ser conferido abaixo. Mass Effect 3 já está disponível para Xbox 360, PlayStation 3 e PC.

Fonte: PS Blog

Preview The Walking Dead – O jogo

Uma das séries de TV, e histórias em quadrinhos, mais populares atualmente, The Walking Dead, receberá um jogo de aventura pelas mãos da Telltale Games, dividido em cinco episódios. Mas não espere sair por aí atirando em zumbis desregradamente, pois o foco do título está na sobrevivência e no relacionamento com outros personagens.

Confira tudo sobre The Walking Dead

The Walking Dead

Enredo

A história se baseia nos quadrinhos, que tem algumas diferenças em relação à série de TV. Ela se passa nos primeiros dias do apocalipse zumbi, quando o personagem principal, Rick Grimes ainda estava em coma. Outros personagens conhecidos às vezes aparecem, como Hershel e Glenn.

O jogo segue um novo protagonista, Lee Everett, um homem que começa algemado em um carro de polícia e graças ao caos criado pelos zumbis acaba se soltando. Não se sabe que crime ele cometeu, mas Lee parece uma boa pessoa. Eventualmente ele encontra a menina Clementine e começa a cuidar dela e tentar sobreviver.

O que esperar do jogo

– Uma aventura original no universo de The Walking Dead
– Participações especiais de personagens conhecidos
– Mecânica de apontar e clicar tradicional da Telltale Games
– Gráficos feitos para lembrar o visual de histórias em quadrinhos

the walking dead preview 2

O que pode surpreender no jogo

– Será possível explorar a história por novos ângulos
– Parece haver bastante suspense e cenas impactantes que fazem jus à franquia
– O sistema de relacionamento de Lee com Clementine parece bastante profundo

O que pode decepcionar

– Não poder jogar com Rick deverá desanimar alguns fãs
– Se comparado a outros jogos envolvendo zumbis, falta ação
– The Walking Dead não ficou conhecido exatamente por dar finais felizes

the walking dead preview 3

Fonte: Techtudo

Assassin’s Creed 3 – Uma obra verdadeiramente nova que promete ser a melhor da franquia

Mais do que uma nova sequência para uma franquia, Assassin’s Creed 3 representa um salto de conceitos, ambientações e até de continentes para a série. Pela primeira vez, o personagem principal da ordem dos assassinos poderá usar árvores como pontos de apoio estratégico, caçar animais e considerar as adversidades do tempo como fator para planejar o próximo ataque.

Todas essas mudanças e adições não são apenas bem-vindas, mas também necessárias. Afinal, a opinião de que os outros jogos da série se mostram empolgantes nas primeiras horas e vão ficando mais chatos e repetitivos com o tempo é quase que unânime, mesmo entre os fãs mais fiéis.

Além das adições citadas no início, outras melhorias garantidas pela Ubisoft prometem deixar o game longe do território dos enjoativos. Continue acompanhando mais esta prévia do BJ e confira algumas delas.

Terreno muito mais relevante

Apesar de já termos comentado antes sobre o novo teor de relevância que o terreno vai ter, vale a pena sublinhar mais alguns detalhes. Diferente dos desertos vazios ou das grandes áreas inúteis presentes nos arredores das cidades dos títulos anteriores, desta vez, a geografia geral do jogo vai ser, obrigatoriamente, mais bela e relevante.

Isso porque o contexto agora é outro. As grandes cidades do Velho Mundo não vão estar presentes no novo continente que ainda está em processo de colonização. Logo, você vai ver muito mais florestas, vales, campos, planícies e montanhas do que os velhos cenários urbanos cheios de prédios altos e estruturas monumentais.

É até possível especular que o jogo terá uma atmosfera mais parecida com a de Red Dead Redemption, em que apenas andar por aí e apreciar a vista já é uma experiência digna de alguns minutos do seu tempo.

Rios de água corrente que antes deixavam uma parte do terreno praticamente inalcançável no verão poderão estar congelados no inverno, permitindo que você chegue até aquela caverna, no outro lado da margem, que você sempre quis conhecer, mas nunca pôde alcançar, por exemplo

O tempo muda, e você também

Falando em estações do ano, a Ubisoft também revelou em uma entrevista ao Eurogamer que as mudanças meteorológicas são muito mais relevantes do que pensávamos anteriormente. Além de soldados inimigos ficarem mais lentos na neve alta que cobre o chão, o cenário predominantemente branco também vai deixar mais fácil a tarefa de seguir pegadas e marcas de sangue enquanto você rastreia o caminho de um oponente escondido.

Por outro lado, as chuvas, que ficam mais frequentes na primavera e no verão, vão apagar as pegadas da terra seca rapidamente. Outro detalhe muito importante é que mosquetes e pistolas vão ficar inúteis uma vez que estiverem molhados, obrigando você a repensar sua estratégia caso estivesse confiando no longo alcance das armas de fogo para atacar.

Novo continente, nova história

O novo enredo ambientado na América do Norte durante sua época de independência também trará novos ares. Enquanto que a arquitetura e o terreno permaneceram muito parecidos ao longo de toda a série, o novo game deve abordar culturas, pessoas e histórias bem diferentes.

Saem o glamour e a “classe” das famílias tradicionais da Itália renascentista e entram os camponeses simples, sobrevivendo em cabanas no novo mundo. O próprio protagonista, Connor Ratohnhaké:ton, tem suas origens nos indígenas. Um detalhe interessante é que o jogo se situa nos Estados Unidos, o que pode significar que as dublagens que puxam palavras de outras línguas diferentes do inglês vão estar menos presentes, marcas registradas de Ezio em AC 2.

Outras informações reveladas pela Ubisoft explicam mais sobre a personalidade de Connor. Enquanto que Altair tinha um senso de dever e Ezio era movido pela vingança, o novo protagonista tem um grande sentimento de justiça. Ele é arrastado à guerra civil para proteger seu povo no início do game e acaba se tornando um assassino depois de certo ponto, sendo que tudo isso deve ocorrer ao longo de 35 anos da vida de Connor.

Como de costume, Assassin’s Creed 3 também vai ter um forte apelo à história. Além de poder conversar com o próprio George Washington, Connor também vai interagir com outras figuras importantes da independência americana, permitindo que os fãs conheçam Marquis de Lafayette e Charles Lee. No lugar de Leonardo da Vinci, teremos Benjamin Franklin suprindo o papel de ajudante quando o auxílio em assuntos tecnológicos e culturais for necessário.

Encontrando o seu lugar na batalha

Por mais que Connor acabe se aliando ao lado dos revolucionários em certo ponto, o protagonista continua atuando de forma neutra em seu próprio caminho, e não está diretamente atrelado a nenhum exército. Falando em exército, já é confirmado que a nova engine do game vai suportar batalhas com milhares de soldados animados na tela.

Este tipo de luta também deve introduzir uma nova mecânica de combate. Connor não vai poder se lançar frente aos mosquetes das tropas inimigas, obrigando você a pegar cobertura enquanto eles atiram. Porém, vai chegar a hora em que o demorado processo de recarregar o próximo tiro precisa ser feito, momento mais oportuno para você sair do abrigo e investir sobre os oponentes.

A nova mecânica também vai permitir que você atue de forma stealth mesmo durante as batalhas com armas de fogo, algo parecido com o que se via no filme “O Patriota” estrelado por Mel Gibson, que contava com a mesmíssima temática e situações bem semelhantes.

Vale a pena conferir?

Vale. Ainda é cedo para dizer se Assassin’s Creed 3 pode concorrer ao Game of The Year, mesmo assim, não estamos mais falando de uma simples extensão da “trilogia de Assassin’s Creed 2”, e sim de um algo realmente novo e que já está em produção há mais de dois anos.

Por mais que você tenha adquirido um certo preconceito depois de ver os outros games da série mudarem pouco ao longo de tantos anos, desta vez, parece que reencarnar em mais um dos antepassados de Desmond será algo realmente inédito e memorável.

Fonte: Baixaki Jogos