Belos gráficos ainda são referência de qualidade nos jogos?

O que define um game simplesmente imperdível?

Quanto a qualidade gráfica de um jogo realmente representa? Digamos, a despeito do áudio, da incrível jogabilidade e do bom humor… Qual é, exatamente, o peso que um verdadeiro espetáculo visual tem na hora de formar o legado de um jogo?

Talvez o caminho mais rápido e fácil aqui fosse o de simplesmente desmerecer os belos polígonos virtuais que constituem os jogos modernos; isso a fim de chamar a atenção para um discurso que, hoje, já é quase senso-comum: “o que importa mesmo é a qualidade da experiência de um jogo”.

Entretanto, parece que mesmo a porção mais “cult” da indústria do entretenimento eletrônico teve que aprender a “enxergar” que, de fato, os gráficos hoje em dia têm um peso muito maior do que já tiveram um dia.

Afinal, mesmo sem apostar em uma realidade em que “bons jogos” sejam “jogos com bons gráficos”, é impossível descartar a importância das modernas tecnologias gráficas para o atual estágio de desenvolvimento dos games, sobretudo no que se refere às proporções atualmente conquistadas. Que o diga aquele famoso designer de civilizações antigas…

A sedução das imagens com Belos gráficos como uma porta de entrada para novos jogadores

Mesmo o mais cético dos jogadores provavelmente teria dificuldades para fingir indiferença diante de alguns dos jogos mais belos e realistas da atual geração. Títulos como Heavy Rain ou, mais recentemente, Battlefield 3, crysis 2, Uncharted 3 entre outros, trazem consigo um diferencial à toda prova: o apelo imediato aos nossos sentidos.

Por isso mesmo, provavelmente seria difícil imaginar uma forma mais eficiente de avançar com as trincheiras do entretenimento eletrônico sobre novos públicos. “Eu costumava adorar a ideia de desafiar a imaginação dos jogadores”, afirmou o lendário Syd Meier em entrevista ao site Game Informer. “Mostrava a eles alguns poucos pixels em 16 cores e tentava convencê-los de que controlavam um império que deveria sobreviver ao teste do tempo”.

Entretanto, o designer conclui: “mas eu penso que, hoje, os jogadores realmente não estão mais dispostos a fazer esse investimento, então nós vamos trazer à vida mundos em 3D”. Para Meier, entretanto, as possibilidades trazidas pelas novas tecnologias gráficas foram capazes de ampliar o mercado atual de games de uma forma que teria sido impossível há alguns anos. “Você deve ignorar a sua descrença e estar disposto a entrar nesse mundo”.

Dessa forma, é bastante provável que os espetáculos visuais da atual geração tenham arregimentado uma enorme quantia extra de jogadores ? eventualmente, retirando-os das poltronas dos cinemas. Entretanto, há uma pergunta que ainda deveria ser feita aqui: por quanto tempo ainda os gráficos conseguirão manter novos e velhos jogadores ligados a uma experiência de jogo?

A lição da Nintendo é Menos gráficos e mais criatividade?

Talvez seja uma verdade quase incontestável que o rápido e constante crescimento do poderio gráfico acabou por funcionar como uma verdadeira locomotiva para a indústria de jogos se não acredita, basta lembrar-se de uma época em que “video games” eram apenas uma curiosidade tecnológica.

Entretanto, há quem aposte que essa hegemonia (responsabilidade?) deve sofrer algumas mudanças durante as próximas gerações. Afinal, quem não se surpreendeu com o sucesso esmagador do Nintendo Wii, talvez não o melhor “video game” para alguns críticos… Mas certamente um dos melhores produtos trazidos pelo entretenimento eletrônico em vários anos, conforme vários números deixaram claro durante muito tempo.

Para o presidente da Electronic Arts, Peter Moore, o grande motivo gerador da atual geração são as experiências.”É difícil ver o quão além nós ainda poderemos ir, partindo de uma perspectiva baseada no realismo e na fidelidade dos gráficos”, afirmou Moore em entrevista à revista EDGE.

Ele continua: “a Nintendo surpreendeu muita gente como Wii. ‘Nós teremos diversão, e não haverá nem mesmo pernas e braços em alguns personagens. Você quer conectividade online? Nós não temos isso. Você quer gráficos em alta definição? Isso nós também não temos’. O futuro não deve ser ditado por tecnologias de ponta, mas sim por experiências únicas”. Enfim, talvez o futuro esteja em algum lugar entre os belos gráficos e o chacoalhar em frente a sensores de movimento… Façam suas apostas.

Fonte: Tecmundo
Anúncios

Uncharted 3 é indicado a 12 prêmios pela Academia de Artes Interativas e Ciências

A Academia de Artes Interativas e Ciências anunciou hoje a sua lista de nomeações para os prêmios anuais da Interactive Achievement, e Uncharted 3: Drake Deception é o grande candidato com 12 indicações. O jogo desenvolvido pela Naughty Dog é indicado para vários prêmios grandes, incluindo o grande jogo do ano.

Mas Uncharted não é o único, Portal 2 da Valve conseguiu acumular impressionantes 10 indicações, LA Noire levou nove indicações, Batman: Arkham City atingiu um total de sete, enquanto Skyrim levou em seis.

O Interactive Achievement Awards será realizado no dia 9 de fevevereiro com uma multidão ao vivo e transmitido on-line,e será apresentado pelo comediante Jay Mohr,que mais uma vez presidir as cerimônias.

Todas as indicações:

Game of the Year
Batman: Arkham City–Rocksteady Studios
Portal 2–Valve
The Elder Scrolls V: Skyrim–Bethesda Game Studios
The Legend of Zelda: Skyward Sword–Nintendo
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Outstanding Achievement in Original Music Composition
L.A. Noire–Team Bondi
Little Big Planet 2–Media Molecule
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog
InFamous 2–Sucker Punch
Portal 2–Valve

Outstanding Achievement in Sound Design
Battlefield 3–DICE
Call of Duty: Modern Warfare 3–Infinity Ward/Sledgehammer Games
L.A. Noire–Team Bondi
Need for Speed: The Run–EA Black Box
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Outstanding Achievement in Story
Bastion–Supergiant Games
L.A. Noire–Team Bondi
Portal 2–Valve
The Elder Scrolls V: Skyrim–Bethesda Game Studios
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Outstanding Character Performance
Deus Ex: Human Revolution (Adam Jensen)–Eidos Montreal
L.A. Noire (Cole Phelps)–Team Bondi
Portal 2 (Wheatley)–Valve
Uncharted 3: Drake’s Deception (Nathan Drake)–Naughty Dog
Uncharted 3: Drake’s Deception (Victor Sullivan)–Naughty Dog

Downloadable Game of the Year
Bastion–Supergiant Games
Drawn: Trail of Shadows–Big Fish Games
Insanely Twisted Shadow Planet–Fuel Cell
Ms. Splosion Man–Twisted Pixel Games

Casual Game of the Year
Fruit Ninja Kinect–Halfbrick Studios
Tiny Wings–Andreas Illiger
Jetpack Joyride–Halfbrick Studios
Monsters Ate My Condo–Adult Swim/PikPok
Where’s My Water?–Creature Feep

Social Networking Game of the Year
Army Attack–Digital Chocolate
CastleVille–Zynga
Gardens of Time–Playdom
The Sims Social–Playfish
Triple Town–Spry Fox

Role-Playing/Massively Multiplayer Game of the Year
Dark Souls–From Software
Deus Ex: Human Revolution–Eidos Montreal
Star Wars: The Old Republic–BioWare Austin
The Elder Scrolls V: Skyrim–Bethesda Game Studios
The Witcher 2: Assassins of Kings–CD Projekt

Outstanding Innovation in Gaming
Bastion–Supergiant Games
L.A. Noire–Team Bondi
Portal 2–Valve
Skylanders Spyro’s Adventure–Toys for Bob
The Elder Scrolls V: Skyrim–Bethesda Game Studios

Sports Game of the Year
FIFA 12–EA Canada
Madden NFL 12–Tiburon
MLB 11: The Show–SCE San Diego
NBA 2K12–Visual Concepts
NBA Jam: On Fire Edition–Firemint

Racing Game of the Year
Forza Motorsport 4–Turn 10 Studios
Mario Kart 7–Nintendo
Real Racing 2 HD—Firemint

Fighting Game of the Year
Fight Night Champion–EA Canada
King of Fighters XIII–SNK Playmore
Mortal Kombat–NetherRealm Studios
Super Street Fighter IV: 3D Edition–Capcom
Ultimate Marvel vs. Capcom 3–Capcom

Strategy/Simulation Game of the Year
Iron Brigade–Double Fine
Orcs Must Die!–Robot Entertainment
Total War: Shogun 2–The Creative Assembly
Toy Soldiers: Cold War–Signal Studios
Warhammer 40,000: Dawn of War II – Retribution–Relic Entertainment

Family Game of the Year
Dance Central 2–Harmonix
Just Dance 3–Ubisoft Paris
Kinect Disneyland Adventure–Frontier Developments
Little Big Planet 2–Media Molecule
Skylanders Spyro’s Adventure–Toys for Bob

Mobile Game of the Year
Contre Jour–Chillingo
Dead Space–EA Mobile
Infinity Blade II–Chair Entertainment
Tentacles–Press Play
The Dark Meadow–Phosphor Games Studio

Handheld Game of the Year
Ghost Trick: Phantom Detective–Capcom
Kirby Mass Attack–Hal Laboratory
Mario Kart 7–Nintendo
Professor Layton and the Last Specter–Level 5
Super Mario 3D Land–Nintendo

Adventure Game of the Year
Batman: Arkham City–Rocksteady Studios
L.A. Noire–Team Bondi
Portal 2–Valve
The Legend of Zelda: Skyward Sword–Nintendo
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Outstanding Achievement in Online Game Play
Battlefield 3–DICE
Call of Duty: Modern Warfare 3–Infinity Ward/Sledgehammer Games
Gears of War 3–Epic Games
Little Big Planet 2–Media Molecule
Star Wars: The Old Republic–BioWare Austin

Outstanding Achievement in Online Game Play
Battlefield 3–DICE
Call of Duty: Modern Warfare 3–Infinity Ward/Sledgehammer Games
Dragon Age II–BioWare Edmonton
Portal 2–Valve
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Action Game of the Year
Battlefield 3–DICE
Call of Duty: Modern Warfare 3–Infinity Ward/Sledgehammer Games
Dead Space 2–Visceral Games
Gears of War 3–Epic Games
Saints Row: The Third–Volition

Outstanding Achievement in Animation
Assassin’s Creed: Revelations–Ubisoft Montreal
Batman: Arkham City–Rocksteady Studios
L.A. Noire–Team Bondi
Rayman Origins–UbiArt Montpellier
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Outstanding Achievement in Art Direction
Batman: Arkham City–Rocksteady Studios
Battlefield 3–DICE
Portal 2–Valve
Rayman Origins–UbiArt Montpellier
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Outstanding Achievement in Visual Engineering
Batman: Arkham City–Rocksteady Studios
Crysis 2–Crytek GmbH
L.A. Noire–Team Bondi
Rage–id Software
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Outstanding Achievement in Game Play Engineering
Batman: Arkham City–Rocksteady Studios
Portal 2–Valve
Skylanders Spyro’s Adventure–Toys for Bob
The Elder Scrolls V: Skyrim–Bethesda Game Studios
The Legend of Zelda: Skyward Sword–Nintendo

Outstanding Achievement in Game Direction
Batman: Arkham City–Rocksteady Studios
L.A. Noire–Team Bondi
Portal 2–Valve
The Elder Scrolls V: Skyrim–Bethesda Game Studios
Uncharted 3: Drake’s Deception–Naughty Dog

Fonte: Industrygamers

The Last of Us, Crysis, Uncharted. Confira o trabalho do artista Marek Okon

The Last of Us, Crysis 2, Star Wars: Old Republic, Uncharted 3. Esses foram alguns dos grandes jogos de 2011, e um mesmo homem fez artes simplesmente incríveis para todos eles.

Marek Okon é um artista polonês que trabalha principalmente com pintura. Suas obras para games, que você vai conhecer na galeria abaixo, são extremamente polidas: ao contrário dos esboços e rascunhos conceituais que normalmente mostramos por aqui, Okon lida principalmente com peças promocionais que chegam ao consumidor final em forma de anúncios, cartazes e artes de caixinha.

Vamos nos concentrar nas coisas que Marek fez para os games, mas ele também fez muitos trabalhos para clientes como a Games Workshop, além de inúmeros romances e revistas. E algumas dessas artes são tão impressionantes que eu não poderia deixar de incluí-las na galeria também.

Como sempre, o site pessoal do artista tem muitos outros trabalhos.

Fonte: Kotaku

Confira os detalhes da análise de Uncharted 3 na IGN, que levou 10 em todos os quesitos

Uncharted 3A IGN liberou sua análise de Uncharted 3, definindo nota 10 em todos os detalhes. Segundo a IGN, Uncharted 3 é uma obra-prima, que pode não ser perfeita, mas é tão excepcional que é difícil imaginar como o jogo poderia ter sido melhor.

Do início ao fim, do single player ao multiplayer, Uncharted 3 foi definido encantador pela IGN. Os personagens, os gráficos, o som, a história, estão todos de primeira qualidade.

Confira os detalhes das notas:

Apresentação

O modo cinematográfico como o jogo conta a sua história surpreendeu. É comovente e divertido.

Gráficos

Surpreendentemente bonito – as pegadas na areia, os esguicho de água em toda a tela e as rugas nos rostos dos personagens fizeram a Naughty Dog se superar.

Som

Vozes e efeitos sonoros espetaculares e com muita emoção.

Gameplay

A ação está melhor do que nunca, mas é a maneira como essas ações surgem durante a história que impressionam.

Longevidade

O singleplayer deve ser jogado várias vezes, assim como ver um filme favorito. O Multiplayer é profundo, além de ótimos gráficos.

uncharted3notaReview em vídeo:

 

Fonte: IGN

Uncharted 3: Drake’s Deception – novos videos da versão final do jogo vão além do incrível

O jogo mais esperado pelos donos de PS3 é certamente Uncharted 3: Drake’s Deception.

A algum tempo atrás ficamos deslumbrados com um video que mostrava Drake e Elena tentando entrar escondidos em um aeroporto. As coisas não saem muito bem e logo Drake entra no meio de um tiroteio que mais tarde o leva para dentro do avião que acaba caindo no deserto.

Se você ja havia ficado abismado com aquela versão demo, você precisa ver agora o mesmo gameplay da versão final do jogo que esta simplesmente incrível. Chega de papo e vamos ao que interessa:

Novo Airplane gameplay:

Novo Chateau gameplay:

Lembre-se de assistir em HD para ter um melhor aproveitamento. Não se esqueça do babador!

Caso não queira ver o video, aqui tem umas imagens que mostram a evolução. Confira:

imagem
imagem
imagem
imagem
Fonte: GameVicio